Faca no olho

Date:

Operação - 01

 

por Nilton Ramos

Um homem foi covardemente assassinado a golpes de faca na tarde desta segunda-feira, em plena luz do dia, numa pracinha, no centro de Inhapim.

A vítima da violência, o autônomo Luiz Faria Filho, muito popular na cidade, pelo serviço que prestava em domicílio há décadas.

Luiz Faria foi morto por Josué Vieira de Carvalho,  23 anos, segundo informações da Polícia Militar de Minas Gerais na cidade.

O executor foi preso minutos depois há poucos quilômetros do local do crime pela PMMG e confessou o crime de sangue.

Luiz Faria foi assassinado com uma faca, e o primeiro golpe foi certeiro, em seu olho, em seguida foi ao chão, quando o autor terminou o serviço, sem que ninguém interviesse.

Luiz Faria Filho deixou esposa, filhos e netos, e morava no bairro Santa Cruz, na periferia de Inhapim.

Luiz Faria foi covardemente assassinado, sem chance de defesa. Foto: Redes Sociais.
Luiz Faria foi covardemente assassinado, sem chance de defesa.
Foto: Redes Sociais.

Os motivos do bárbaro crime não foram revelados, entretanto, Luiz, a vítima, e Josué, o autor, tem histórico de constantes desentendimentos. 

SPIN

Ao comentar a tragédia do rompimento de barragens em Mariana, em Minas Gerais, que atingiu regiões mineiras e o Espírito Santo, a presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou nesta segunda-feira, na Turquia, que o governo tomou todas as medidas que lhe coube, desde o primeiro instante, há 10 dias, até o presente momento, para minimizar os impactos da tragédia.

Ela elencou diversas ações, desde o envio do ministro da Integração Nacional já no dia seguinte ao rompimento, passando pela presença do Exército Nacional e da Agência Nacional de Águas (ANA), até o sobrevoo que fez em Minas Gerais, as reuniões de trabalho em Governador Valadares (MG) e Colatina (ES), e a conversa que manteve com o fotógrafo Sebastião Salgado no Palácio do Planalto sobre a recuperação do Rio Doce.

“Eu mandei no primeiro dia [para Minas Gerais] o ministro [Gilberto] Occhi [da Integração Nacional] e o secretário nacional da Defesa Civil E em seguida falei com todos eles. Quando eu cheguei lá, nós já tínhamos uma ideia do que nós íamos fazer”, afirmou a presidente na Turquia, onde participou de reunião do G20. 

Dilma afirmou que o objetivo emergencial do governo é dar assistência às pessoas afetadas pela falta de água causada pela onda de rejeitos que transbordou da mineradora Samarco e atingiu grandes regiões de Minas Gerais e do Espírito Santo, inviabilizando o abastecimento por meio do rio Doce. O ministro Occhi permanece na região. 

Nesta segunda-feira, a Integração Nacional anunciou o restabelecimento do abastecimento de água em Governador Valadares.

A presidente informou que está sendo realizada nesta semana a primeira reunião do grupo de gestão criado para propor ações de reconstrução e recuperação tanto da bacia quanto dos afluentes do rio. O grupo tem participação de ministros, representantes dos governos locais e do Ministério Público.

Presidente Dilma admitiu que não se conseguirá a recuperação do meio ambiente em menos de três anos. Foto: Roberto Stuckert Filho/Presidência.
Presidente Dilma admitiu que não se conseguirá a recuperação do meio ambiente em menos de três anos. Foto: Roberto Stuckert Filho/Presidência.

Falcão pede desculpas pelas cusparadas

O craque e astro do futsal da Seleção Brasileira, Falcão foi destaque negativo neste fim de semana durante a decisão de torneio.

Hostilizado pela torcida do Carlos Barbosa, Falcão (do Sorocaba), em jogo válido pelas semifinais da Liga Nacional de Futsal, distribuiu cusparadas nos torcedores mais próximos à quadra, separados pelo alambrado.

Falcão admite pressão dentro e fora das quadras. Foto: F5Notícias/Acervo.
Falcão admite pressão dentro e fora das quadras. Foto: F5Notícias/Acervo.

O craque usou as redes sociais para se desculpar “peço desculpas sobre a minha reação no jogo de ontem !! Sabemos que todos cometemos atos falhos durante os dias e a vida, porém quando você é uma pessoa pública , você é visto o tempo todo , sendo que as pessoas que julgam ou falam besteira , nem sempre estão sendo “vistas” … Não é fácil você descer do ônibus e ser xingado e cuspido , você entrar pra um aquecimento ser xingado por muitos , começar o jogo, a torcida ficar a 1 metro de você , xingando e cuspindo , você querer jogar, e uma lesão de meses não te deixar isso vem me consumindo , você entrar em um jogo tão importante em uma função que não é a sua , e nessa função , continuar perto da torcida e tomar várias cusparadas , mas óbvio que esses não estão aqui sendo julgados … assim como acontece em outros lugares também …claro que são alguns,  pois a torcida deu um show !!É muita pressão psicológica, e eu fui fraco ao revidar uma provocação”, disse o maior jogador de futsal de todos os tempos do mundo.

O jogador assumiu as responsabilidades pelos seus atos,”mas que ninguém vai descapitalizar sua imagem.”

Obrigado pela compreensão e carinho de sempre !! Perdão galera !! “O emocional sobrecarregado é traidor”, concluiu Falcão.

O Sorocaba, time de Falcão foi desclassificado na prorrogação pelo Carlos Barbosa.

Descoberta a cura do câncer?

O programa jornalístico que é exibido aos domingos pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), Conexão Repórter, ancorado pelo repórter Roberto Cabrini discutiu a burocracia, a guerra industrial para a autorização para utilização de uma droga sintética para o tratamento do câncer, apelidada de ‘a droga da esperança.’ 

Cabrini comanda uma investigação especial sobre um polêmico tema: são pequenas cápsulas azuis e brancas, que se tornaram alvo de imensa polêmica nacional. São elas, de fato, capazes de curar o câncer?

A fosfoetalonamina é uma droga sintética que tem dado esperança ao portador do câncer. Foto: SBT/Reprodução.
A Fosfoetalonamina é uma droga sintética que tem dado esperança ao portador do câncer. Foto: SBT/Reprodução.

O nome da substância é Fosfoetalonamina sintética. Hoje, chamada simplesmente de “fosfo.” Não são poucos os pacientes da doença que relatam melhora. Não são poucos também os que se opõem ao seu uso. De oncologistas importantes a dirigentes de entidades.

Em uma entrevista esclarecedora, o químico que desenvolveu a substância: Gilberto Orivaldo, professor aposentado da USP. Um homem de 72 anos, hábitos singelos e fala mansa, que não tem dúvida sobre o poder da droga que desenvolveu. 

“Até hoje todos falaram, mas ninguém chegou e falou: eu levei e não funcionou”, relata Gilberto.

Gilberto Orivaldo garantiu que ele próprio foi curado da doença. Foto: SBT/Reprodução.
Gilberto Orivaldo garantiu que ele próprio foi curado da doença.
Foto: SBT/Reprodução.

O professor Gilberto é agora um pesquisador colocado no centro de uma enorme discussão. “Aqueles que criticam deviam testar para dizer que não funciona”, desafiou Orivaldo.

Hoje, a “fosfo” é produzida em um pequeno laboratório da USP, no interior de São Paulo. Um ritmo de produção baixo, que não atende a demanda. Cercado de emoção, o debate chegou aos tribunais.

A “fosfo” não tem registro na ANVISA, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Embora proibida, a distribuição acontecia informalmente até ser expressamente proibida. Popular no boca a boca, a “fosfo” nunca passou pelos testes oficiais. Nunca foram feitos testes clínicos, compostos de baterias rigorosas de avaliação, embora o professor de química que a aperfeiçoou relate testes em animais e células humanas e resultados positivos em pacientes a começar por ele próprio.

De pacientes que esperam ansiosos… Gente disposta a tudo para obter as cápsulas.

Encontramos duas mulheres fortes e carismáticas, que sofrem de câncer e tentaram de tudo até recorrer a fosfoetanolamina. Hoje, se tornaram líderes dos pacientes que lutam pelo direito de continuar tomando a substância.

Administradora Nathy Estevam faz o tratamento e sentiu melhoras. Foto: SBT/Reprodução.
Administradora Nathy Estevam faz o tratamento e sentiu melhoras.
Foto: SBT/Reprodução.

“A partir do momento que eu tomei ela que eu sinto as melhoras“, conta Nathy ao jornalista do SBT.

Contudo, uma das mais combatentes oposições ao uso da substância a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica através do médico Fernando Cotait Maluf afirmou não haver noção alguma da segurança do que chamam medicamento e muito menos da sua eficácia no tratamento do câncer.

Um grande número de liminares tem sido deferidas em favor dos pacientes pelo Poder Judiciário, autorizando que a USP produza a ‘fosfo’.

Por outro lado, Orivaldo, seu maior defensor, afirmou que ser capaz de entregar a fórmula para a produção em escala industrial para o governo, para que o estado assuma a distribuição gratuita do medicamento.

Ele disse não fazer ideia do interesse que tem movido a indústria farmacêutica e/ou de laboratórios para evitar que a ‘fosfo’ seja autorizada, principalmente distribuída sem custos aos pacientes ou mesmo comercializada a baixo custo. 

 

Nilton Ramos
Bacharel em Direito; Pós-Graduado em Direito do Trabalho Lato Sensu; humanista e fundador-presidente da ONG CIVAS – BRASIL.

Compartilhar :

Assinar

spot_imgspot_img

Popular

Relacionados
Relacionados

Relator apresenta plano de trabalho da CPI da Braskem

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da...

Cartilha ajuda a identificar atrasos no desenvolvimento de crianças

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), em parceria com...